terça-feira, 28 de abril de 2009

Ratatouille - O Filme


Ratatouille é o 8º filme longa-metragem de animação produzido pela Pixar e lançado em 2007. Conta a história de Rémy (interpretado por Patton Oswalt), um rato vivendo em Paris que sonha em se tornar um chefe de cozinha. O filme foi dirigido por Brad Bird, que assumiu depois de Jan Pinkava em 2005, e foi lançado nos EUA em 29 de junho de 2007.
O elenco que interpreta os personagens da animação é composto por: Patton Oswalt (da série The King of Queens) como o protagonista, o rato Rémy. Brad Garrett, dá voz ao chef Auguste Gusteau. O pai de Rémy, Jango, é interpretado por Brian Dennehy (Assalto à 13ª. D.P.). Outras vozes conhecidas são de Janeane Garofalo (da série The West Wing), Ian Holm (O Senhor dos Anéis), o consagrado actor Peter O'Toole, além de Lou Romano e Peter Sohn, que participaram de Os Incríveis (trabalho anterior de Bird).
Em 2008 o filme ganhou o Óscar de melhor filme de animação.


Resumo

Rémy vive em uma colónia de ratos no sótão de uma casa na zona rural da França, juntamente com seu irmão Émile e seu pai Django . Ao contrário de seus semelhantes, Rémy é um gourmet cujo habilidoso olfato é útil para distinguir comidas de veneno de rato. Mas Rémy tem sonhos mais ambiciosos, entrando secretamente na cozinha para ler os livros de cozinha de seu herói, o chef Parisiense Auguste Gusteau , que aparece para Rémy em visões ao longo do filme, mantendo seu ditado de que "qualquer um pode cozinhar". Rémy descobre que Gusteau morreu após receber uma dura crítica de um cínimo crítico culinário Anto Ego (coco Toole).
Os ratos deixam o local após a moradora, uma velha senhora, descobrir a colónia. Rémy, separado dos outros, acaba chegando a Paris através dos esgotos, seguindo a visão de Gusteau até o restaurante fundado pelo chef, agora mantido pelo chef Skinner (Ian Holm). Enquanto Rémy observa de uma clarabóia, Alfredo Linguini (Lou Romano), um jovem com nenhum talento culinário, chega e é contratado no restaurante pelo desejo de sua recém-falecida mãe, para serviços de faxina. O garoto é na realidade o filho de Gusteau, algo desconhecido de todos excepto pela mãe. Linguini acaba derramando uma panela de sopa e tenta ocultar seu acidente ao adicionar ingredientes aleatórios na panela. Horrorizado por isto, Rémy acaba caindo na cozinha e ainda que precise desesperadamente escapar dali, ele não consegue evitar de tentar consertar a sopa arruinada. Rémy é apanhado por Linguini, que por sua vez é apanhado por Skinner no momento que ele capturava o rato, mas não antes de algumas porções da sopa terem sido servidas. Para a surpresa de todos, a sopa é um sucesso. A única cozinheira mulher do estabelecimento, Colette (Janeane Garofalo), convence Skinner a não despedir Linguini contanto que ele consiga recriar a sopa. E assim inicia-se uma aliança, difícil no começo, na qual Rémy tenta secretamente instruir Linguini. Os dois aperfeiçoam um truque de marionete no qual Rémy consegue controlar os movimentos de Linguini ao puxar o seu cabelo.
Skinner acaba descobrindo que Linguini é o filho de Gusteau, coisa que ele mantém em segredo para evitar que Linguini herde o restaurante, o que iria atrapalhar suas ambições de explorar a imagem de Gusteau para lançar uma marca de comida congelada. Suspeitando de Linguini, Skinner embriaga-o com bons vinhos numa fracassada tentativa de descobrir o segredo de seu inesperado talento. Na manhã seguinte, de ressaca, Linguini quase confessa o seu segredo para Colette. Desesperadamente tentando parar Linguini, Rémy puxa o seu cabelo, fazendo com que ele caia em cima de Colette, o que leva os dois a beijarem-se. Eles começam a namorar, fazendo com que Rémy sinta-se meio abandonado.
Uma noite, Rémy e sua colónia reunem-se. Rémy discute com Émile e seu pai sobre a sua nova secreta carreira de chef. Enquanto procurava comida para a família, Rémy descobre o testamento de Gusteau, o qual, após escapar de uma persiguição por Skinner, ele consegue entregar a Linguini. Linguini, agora dono do restaurante, despede Skinner e torna-se a nova sensação no mundo culinário, atraindo o renovado interesse de Anton Ego (Peter O'Toole), que havia acabado com a reputação do restaurante. Linguini e Rémy tem um desentendimento, e Linguini decide que não mais precisa de Rémy.

As coisas complicam-se uma noite quando há uma planejada visita de Ego ao restaurante. Linguini, incapaz de cozinhar sem a ajuda do rato, admite a situação para a equipa, o que faz com que todos deixem o local. Colette retorna após pensar a respeito do ditado de Gusteau. Django, inspirado pela coragem do filho, retorna com a colónia de ratos para cozinhar sob a liderança de Rémy, enquanto Linguini descobre seu verdadeiro talento, que é servir as mesas usando patins. Colette ajuda Rémy a preparar um ratatouille, uma tradicional mas mundana refeição francesa, baseada em legumes. O ratatouille fica tão bom que Ego acaba por recordar memórias de sua infância após a primeira garfada. Ego pede para conhecer o chef, mas Colette diz-lhe que eles devem esperar até depois de os outros clientes terem saído. Ao fim do serviço, Rémy e os demais ratos são revelados. Um homem modificado, Ego escreve uma elogiosa crítica, declarando que o chef no restaurante de Gusteau é o melhor chef de toda a França.
No epílogo, o restaurante é definitivamente fechado por um inspector da vigilância sanitária, que encontra os ratos após ter sido avisado por Skinner. Ego perde sua credibilidade e posição após o público descobrir que ele elogiou um restaurante infestado de ratos. Contudo, isto ocorre para o melhor. Com Ego como investidor e cliente regular, Linguini, Colette, e Rémy abrem um bistrô de sucesso, chamado "La Ratatouille," que inclui uma cozinha e salão de refeições tanto para ratos como para humanos.

By: Wikipédia

Ratatouille Trailer

Ratatouille - Receita


O ratatouille é uma receita do século XVIII e pode ser servida quente ou fria, sozinha ou como acompanhamento. Um prato rústico, típico da região da Provença em que se notam influências espanholas e italianas. O nome significa «picar, triturar», mas podemos traduzir também como «ragôut de legumes» ou «prato de berinjelas». [Pequeno Dicionário da Gastronomia]
Para preparar o ratatouille não podem faltar nem as
berinjelas nem os tomates. Com os restantes ingredientes pode-se lidar mais à vontade. Não são obrigatórios os pimentões e as courgettes.
No original francês, "ratatouille" é um substantivo feminino, também chamado de "ragu grosseiro". Sopa de carne ou peixe picados com legumes cozidos longamente em azeite de oliva.



Receita


Ingredientes:
4 berinjelas médias;sal grosso;2 pimentões vermelhos;2 pimentões amarelos;4 abobrinhas mais ou menos do mesmo tamanho;2 cebolas;3 dentes de alho;6 colheres de sopa de azeite de oliva;2 ou 3 ramos de manjericão;sal e pimenta-do-reino;


Utensílios:
Uma faca, uma tábua de cozinha, um garfo de cozinha com haste longa, uma colher de pau, uma frigideira grande, pesada e os pratos para dispor os ingredientes.


Modo de fazer:
Corte as berinjelas em fatias longitudinais de perto de um centímetro de espessura. Disponha numa assadeira e espalhe bastante sal grosso por cima. Deixe descansar durante uma hora. As berinjelas vão soltar bastante água e devem perder um pouco do amargor.Enquanto isso prepare os demais ingredientes. Se quiser, descasque os pimentões. Sem as cascas, eles ficam mais fáceis de digerir. Para isso, espete num garfo de cozinha e leve diretamente à chama do gás. Vá virando até queimar, até deixar preta, toda a superfície. Retire a pele sob água corrente, esfregando com as mãos. Retire os talos, as sementes e corte em quadrados de uns dois centímetros.Corte a abobrinha em fatias e depois em cubos de mais ou menos uns dois centímetros.Pique as cebolas, os dentes de alho. Corte com as mãos as folhas de manjericão.Passado o tempo de descanso no sal (uma hora), prepare a berinjela. Retire as fatias do sal e lave muito bem. É bom lavar umas duas vezes para retirar o sal. Seque com cuidado e corte em quadrados de uns dois centímetros.Com todos os ingredientes preparados, esquente o azeite numa frigideira grande e pesada. Fogo baixo. Refogue rapidamente a cebola e o alho. A cebola deve apenas murchar, sem mudar de cor. Acrescente os demais ingredientes (berinjelas, abobrinhas e pimentões).Vá refogando no fogo bem baixo, mexendo de tempo em tempo com a colher de pau, até cozinhar os vegetais. Deve secar o líquido que eles naturalmente soltam, o que leva de 20 a 30 minutos.Salgue, apimente e retire do fogo. Espalhe por cima o manjericão e sirva.


Sugestões de vinhos:


Admite tintos, brancos e rosados. Prefiro os tintos aromáticos e meio robustos como os da Provence. Um bom Dão, um Montepulciano d´Abruzzo podem ser adequados. Quem preferir os brancos, deve escolher exemplares bem secos e aromáticos, como alguns do Sul da França e das Côtes du Rhône. Na Provence, o rosado local muitas vezes acompanha a ratatouille. Escolha um rosado seco, de preferência do Sul da França, como Lirac, Tavel e Bandol. Mas há ótimos rosados também em Portugal e, mais recentemente, na Argentina (rosados de Malbec).

By: Wikipédia

domingo, 26 de abril de 2009

06FairyElf


06FairyElf
Upload feito originalmente por lorencedajour
By: lorencedajour

elfo07


elfo07
Upload feito originalmente por lorencedajour
By: lorencedajour

elf 2


elf 2
Upload feito originalmente por lorencedajour
By: lorencedajour

quarta-feira, 15 de abril de 2009

quarta-feira, 8 de abril de 2009

sarah


sarah
Upload feito originalmente por juriu
By: juriu

sexta-feira, 3 de abril de 2009